Nova vida, novos caminhos

Com a chegada do bebê, surgem novas prioridades. Trabalhar em casa pode ser uma boa alternativa para equilibrar os papéis de mãe e profissional.

5 a 8 meses

Finanças

Conciliar a carreira profissional com a maternidade é sempre um desafio que exige muito esforço e disciplina. Para manter a saúde e a qualidade de vida no retorno ao trabalho é preciso planejamento e organização das novas mamães e suas famílias, tema que também é abordado na matéria aqui publicada O preço de voltar a trabalhar.

Mesmo com toda a estrutura de escolinha, babás, transporte escolar e outras facilidades disponíveis à mulher moderna, imprevistos irão acontecer. Febres inesperadas, resfriados, diarreias, machucados, cólicas e outras situações poderão afetar seu rendimento no trabalho. Além disso, empregos formais geralmente exigem que você passe pelo menos 10 horas fora de casa e sobra pouco tempo para cuidar de si e dos filhos.

Por essas razões, muitas mulheres estão optando por carreiras alternativas, nas quais elas podem trabalhar em casa ou no bairro, organizar sua própria agenda, continuar gerando renda e assim equilibrar os papéis, vivendo com mais qualidade. Conheça algumas carreiras que oferecem essa flexibilidade de tempo e espaço:

Consultora de beleza: O setor de beleza cresce a cada ano e o Brasil é um dos três maiores mercados do mundo nesse segmento. As consultoras de beleza compram produtos de uma ou mais marcas, demonstram e revendem a vizinhas, amigas e colegas de trabalho. Redes multinacionais oferecem treinamento e organizam eventos e convenções para motivar as consultoras. Essa carreira exige perfil comunicativo e excelente organização das finanças, para não misturar as entradas e saídas de dinheiro do negócio com as despesas da família.

Produtora de conteúdos digitais: Mulheres com talento para escrever e facilidade para comunicar conceitos e criar histórias envolventes podem atuar como produtoras de conteúdos digitais para sites e blogs próprios ou de terceiros, criando textos, vídeos e até aulas digitais. A carreira no mundo digital está em ascensão, mas exige muita leitura e dedicação contínua. Permite trabalhar em qualquer lugar e horário e o investimento para atuar nessa área é baixo em comparação a outras carreiras.

Venda online: Se você tem talento para artesanato, decoração de festas infantis, bolos, doces ou roupas, pode criar um site ou blog para divulgar seus produtos na internet. É preciso ter um espaço adequado para produzir e conhecimentos de informática para postar suas criações e dialogar com seu público.

Secretária ou assistente virtual: Algumas empresas terceirizam sua gestão e controles para profissionais autônomos, que trabalham em casa cuidando de agenda, contabilidade, reuniões, motoboys e outras providências que não necessitam da presença física do profissional em escritório. Basta acesso à internet e muita organização para cuidar das tarefas contratadas.

Seja qual for a carreira que você venha a escolher para trabalhar em casa, após a licença maternidade, é fundamental:

- Organizar seu tempo: Separe as horas de trabalho das tarefas domésticas e cuidados com o bebê. Não queira fazer tudo ao mesmo tempo, escolha bem os momentos em que irá se dedicar totalmente ao trabalho.

- Organizar seu espaço: Separe um canto tranquilo na casa para o computador, os estoques e utensílios necessários ao seu trabalho. Nenhum cliente vai gostar de ouvir o aspirador de pó ou o bebê chorando no meio do dia.

- Manter-se atualizada: Mesmo trabalhando em casa é preciso adquirir novos conhecimentos sempre. Aproveite as facilidades da internet para pesquisar e manter-se atualizada.

- Faça uma reserva financeira: Por mais simples que seja seu empreendimento, você precisará investir um recurso para o lançamento. Aproveite os meses de licença maternidade para cortar alguns gastos e poupar dinheiro para seu próximo negócio.

Por fim, procure uma atividade que lhe dê prazer e satisfação pessoal. Esse é o primeiro passo para ter sucesso em qualquer carreira.

 

Para saber sobre as leis e os impostos necessários para se tornar empreendedora, acesse o Portal do Empreendedor 

Acesse o site do Sebrae e conheça cursos e ferramentas especializadas para apoiar o empreendedor.

 

Artigos Relacionados

Mamãe, cadê você?

Manha ou necessidade? Saiba identificar se o bebê solicita sua presença de forma exagerada ou por um motivo justo.

Durante a gestação, trabalhe de forma segura

Gravidez não é doença, já diziam as nossas avós. Você pode continuar trabalhando. Mas precisa ter alguns cuidados com sua saúde e a do bebê.

O preço de voltar a trabalhar

Antes de voltar da licença maternidade e abraçar o mercado de trabalho, vale a pena colocar na balança os prós e contras dessa decisão.